sexta-feira, agosto 21, 2009

Duas Luas no Céu em Agosto-II

Como eu não gosto de embarcar em fantasias fáceis que me aparecem por mail, resolvi pesquisar sobre a história das Duas Luas em Agosto!
O resultado foi este:

Duas luas? É um mito, dizem os especialistas.


É um daqueles mitos que se criam pelo passa-palavra ou com

o simples encaminhar de e-mails. Se se confirmassem as teorias, nesta segunda-feira, 27 de Agosto, seria possível vislumbrar duas luas, devido à aproximação de Marte à Terra. Nada mais errado, dizem os especialistas.

«Isto nunca se verifica», esclarece o Núcleo Interactivo de Astronomio (NUCLIO). «Mesmo nos momentos de maior aproximação Marte nunca deixa de ser somente um ponto brilhante no céu», estando muito longe de igualar a dimensão da lua aos nossos olhos.

Segundo os especialistas, «este tipo de mensagem começou a circular em 2003 quando ocorreu uma oposição de Marte (a altura em que Marte e a Terra mais se aproximam) particularmente próxima, uns meros 56 milhões de quilómetros. Essa oposição ocorreu no dia 27 de Agosto de 2003 e foi amplamente noticiada por todo o mundo. Desde então, a história volta a circular por esta altura do ano, mencionando o dia 27 de Agosto, apesar das oposições não ocorrerem nas mesmas datas», frisou o NUCLIO.

Este ano irá registar-se uma aproximação máxima, mas a 24 de Dezembro, e terá apenas 88 milhões de quilómetros, o que fica muito longe dos 56 registados em 2003. Pois bem, a Lua vai estando a 400 mil quilómetros e, por isso, bem mais visível.

Segundo os especialistas, algo similar ao que sucedeu em 2003 só acontecerá a 31 de Julho de 2018, altura em que Marte vai estar a 57,59 milhões de quilómetros de distância da Terra.

3 comentários:

Observador disse...

Se apenas existe uma Lua, como seria possível serem visíveis duas?

Não digo mais nada porque ainda me chamam algum nome.

É que às vezes sou bruto...

Franky disse...

Pois... Não estás a pensar naqueles que vivem com a cabeça na lua, pois não?
Beijinhos

elvira carvalho disse...

É amiga, há quatro anos que tenho pc e desde essa altura todos os anos nesta altura recebo montes de mails com essa história. Este ano não foi diferente, mas nem sequer os li. Quando via o titulo deletava e pronto.
Um abraço