domingo, março 01, 2009

Manuel Alegre!!

Recado a Manuel Alegre!

A minha mãe, de cima dos seus 92 anos, dizia que já podia dizer tudo o que lhe apetecia em relação aos mais variados temas da sociedade, sem que com isso sofresse consequências de maior, era um bem adquirido com a idade, explicava. Nunca concordei. Continuo a não concordar.
A dignidade de uma vida não se pode perder com meia dúzia de atitudes ou palavras menos pensadas, só porque nos dá na real gana. Prevalece em nós atitudes que devemos manter, não pelos outros, mas por nós próprios. Darmos opiniões todos devemos dar, sermos livres pensadores num mundo de injustiças, devemos ser, mas sem perdermos a dignidade.
Manuel Alegre, é dessas pessoas que pensam que com atitudes menos reflectidas podem dizer tudo o que lhes vai na alma. Manuel Alegre é arrogante e convencido. Com toda a legitimidade o digo.
A dignidade é um bem adquirido ao longo da vida, devemos mantê-la e aumentá-la com atitudes e actos ao longo da vida. Manuel Alegre foi perdendo essa atitude para com os outros, prevalecendo a sua arrogância de ser maior só porque se é bom.

Para mim, Manuel Alegre é BOM POETA, um dos melhores, BOM DECLAMADOR, BOM ANTIFASCISTA, mas MAU CAMARADA.

Manuel alegre tem razão em muitas coisas que diz, nas suas dúvidas, nas suas interrogações, nos seus medos. Quem não têm? Quem não duvida da justiça, dos tribunais, dos advogados, dos solicitadores, da política, dos políticos, dos médicos, dos hospitais?

Há uma coisa que eu fui adquirindo à medida que vão passando os anos, e se isso me é permitido, tenho de o dizer, não suporto ingratidões e pessoa que cospem no prato da sopa que comem todos os dias. Estas atitudes infantis, irreverentes, inconsequêntes, para com o Partido Socialista, um partido que lhe deu tudo o que um partido pode dar a um militante, é inqualificável.
Já há muito tempo que Manuel Alegre estava enganado no partido. Tem toda a legitimidade de o fazer. Já está na hora de sair. Pode ser que seja agora.

2 comentários:

Observador disse...

Franky

Por uma vez não concordo contigo.

Temos ambos, felizmente, direitos adquiridos. Podemos opinar.
E fazê-mo-lo.

Estamos distantes no que a Manuel Alegre diz respeito.

Compreendo, contudo, a tua posição.

Mas há uma coisa que gostava de te dizer, se me permites.
Não é Manuel Alegre que cospe no prato.
Porque por muito que o PS lhe tivesse dado, não foi nem é nada que se compare ao que Alegre deu ao PS.

Por isso, minha Amiga, a ingratidão está do lado do Partido (dito) Socialista.
Repararás que entre Partido e Socialista coloquei (dito).
Será por causa desse pequeno grande pormenor que Manuel Alegre se afastou da actual ideologia do partido que deveria ser de esquerda mas já não sei que terrenos pisa.

Um beijinho e votos de melhoras para o Rui.

Franky disse...

Olá Observador

Isto são meras opiniões e valem pelo que valem, e eu respeito a tua, meu amigo.
Eu não gosto do feitio que Manuel Alegre tem "adquirido" ao longo da vida e olha que não é só a minha opinião, há mais gente a pensar assim como eu.
São feitios, dizemos nós, nada mais do que maus feitios, direi eu.
Pela parte que me toca não é pelo lado político, mas pela vertente humano do senhor que tenho esta opinião. São impressões com que ficamos quando abordamos alguém que admiramos muito, elogiamos o seu trabalho, com respeito e admiração e eles nos olham como seres superiores e intocáveis. No mínimo ficamos perplexos e depois desiludidos. Foi isso que aconteceu comigo em relação a Manuel Alegre. Nada mais do que isto.
Fica bem e bom fim de semana