quarta-feira, maio 06, 2009

Junta Médica

Hoje tivemos mais uma batalha, ir à uma Junta Médica para conseguir a Reforma Antecipada por Motivo de Doença Grave. Não sei se é assim que se chama oficialmente, mas o que importa é o objectivo. Tirámos o Rui da caminha, por volta das 8 da manhã, e lá foi ele com um humor péssimo e cheio de dores, esperou "calmamente" que chegasse a sua vez, o que até foi rápido. "Ao menos desta vez deixaram-me tomar o pequeno almoço", reclamava ele, pois sempre que saí de madrugada de casa para ir ao hospital tem de o fazer em jejum e só depois de tirar as analises é que pode regalar-se com um "copo de leite". Correu tudo bem, bastou o médico olhar para ele e ver toda a papelada que tinha à frente para confirmar a já esperada Reforma. Agora é só esperar a vinda da primeira pensão que deve ser daqui a 4 meses.
Foi um dia positivo, valha-nos isso. Ele voltou para a cama mal chegou a casa, mas desta vez mais conformado, mais aliviado.

9 comentários:

Carecaloira disse...

Força.

Beijinho grande

elvira carvalho disse...

Deixo um abraço, amiga.

Anônimo disse...

Não perca a força, nem a esperança.
Vanda

Observador disse...

Franky

Não vai demorar tanto.
Contacta o Centro Nacional de Pensões e explica a situação.

Sei que o dinheiro faz falta mas, neste momento, o mais importante é dar força ao esposo.
Na medida do possível, pois é.
Mas tu és capaz. És mesmo.

Beijinhos

Anônimo disse...

Ola,
Espero que o dia de hoje seja mais calmo que o de ontem... amanhã será melhor certamente.
Beijos
Vanda

Franky disse...

Obrigada Marina, recolhi o beijinho e a força.
E muita força também para a Marina, tudo de bom para si
Um beijinhos

Franky disse...

Elvira, também recolhi o seu abraço que agradeço e retribuo.
Bom fim de semana
Beijinho

Franky disse...

Olá Observador

Vou tentar fazer isso que me dizes, mas acredita que neste momento o que mais me falta é confiança no sistema. Pode ser que consiga e olha que nestas coisas o dinheiro faz muita falta se bem que não seja tudo.
Um beijinho

Franky disse...

Olá Vanda
Os dias têm sido calmos até demais, ele não se queixa, não protesta, não diz nada. Está muito confuso, meio desnorteado. Só dorme! O que nos deixa muito preocupados.
Amanhã pode ser um dia bom, quem sabe!
Um beijinho