sexta-feira, janeiro 30, 2009

Reforço da Quimioterapia

Ontem foi dia de reforço da Quimioterapia!

Estes são dias diferentes, complicados e Eles estão a ficar por um lado, mais habituados a estas lides, por outro, mais cansados e mais desiludidos com a própria vida. Ainda não entenderam que a existência deles mudou completamente. Estavam em plena vida laboral, trabalhavam por conta própria com todos os riscos que daí advêm. Ele tinha ficado desempregado depois de a empresa ter falido ou melhor, desaparecido do mapa, como por artes mágicas. Tudo isto provocou um turbilhão na vida destas duas criaturas, arrastando na queda todos os outros que estão mais directamente ligados a eles. Foram apanhados de surpresa por algo que não podem e não sabem controlar. A maldita doença.

Todo o sistema é cruel e imparcial. Ela ainda não conseguiu encontrar o caminho certo que a ajude a transpor barreiras burocráticas e a encontrar as pessoas correctas que a ajude a transpor os obstáculos que a limitam na procura incessante para a resolução dos vários problemas que os afligem neste momento. Tudo é complicado e limitativo. Ou assim parece nos momentos mais difíceis.

Hoje o dia está escuro, húmido, e lá fora a chuva cai sem cessar. Ele dorme, está muito cansado. Ela, depois de tentar resolver mais uma série de problemas, espera por melhores dias, envolta numa espécie de esperança e perseverança. Também sente um pouco de nostalgia, própria de dias de chuva como os de hoje. Amanhã, será outro dia e quem sabe melhor que o de hoje.

2 comentários:

Carecaloira disse...

Deixo apenas um beijinho.

Observador disse...

Perante o cenário pouco confortável, limito-me a repetir o que já disse.
Desistir nunca!

Um dia de cada vez.

Quem está por dentro dos problemas conhece-os melhor.
Quem está por fora contribui, deve contribuir para dar uma força suplementar.

Beijinho, Amiga