quinta-feira, novembro 20, 2008

6-2

Era suposto sermos os melhores nestas coisas dos "futebois", temos o jogador mais caro do mundo e por sua vez era suposto ser o melhor também! E somos também os melhores a levar esta banhada? Enxovalho? Vergonha? Cada um toma a dose que quiser!
Hoje lê-se nos jornais....

"Portugal regressou do Brasil com uma pesada derrota por 2-6. Há 53 anos que a Selecção não consentia seis golos e há sete que não perdia por uma diferença de quatro. Além disso, há quatro jogos que Portugal não vence um jogo, somando a derrota com a Dinamarca e os empates com Suécia e Albânia ao desaire brasileiro.
O que se passa? O que falhou? Foram as opções de Carlos Queiroz? Houve falta de motivação dos jogadores? Ou os brasileiros foram de facto mais fortes?

E mais não digo, porque tenho de ir retirar a bandeira que ainda estava ali desfraldada ao vento desde o tempo do saudoso Scolari.

3 comentários:

OBSERVADOR disse...

Os brasileiros são, de facto e neste momento muitíssimo mais fortes do que os portugueses.

Estes portugueses não têm classe para servir a selecção do meu País.

Quero lá saber que o Ronaldo seja o mais bem pago do mundo!
O que me interessa é que o homem não joga nada ao serviço da selecção.

E aqui começa o erro de Queiroz.
Quem não joga, sai. Digo eu que não percebo nada de futebol.

Quem não mostra condições e/ou vontade de representar o País, nem entra.

No jogo ante o Brasil? Mas não houve jogo.
Viu-se uma única equipa em campo.

Falhou a defesa, o meio campo, o ataque?
Que me importa?
A verdade é que falhou o nosso clube.

Procurem as causas e abram o jogo. Pode ser pelos flancos ou, se quiserem ser mais afoitos, optem pela zona central.

Não me fales em Scolari, Franky.
Fico agoniado.

Bjs

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço e votos de boa semana.

Franky disse...

Meus amigos cá estou eu sempre atrasada nas respostas!
De fugida, entre uns afazeres e outros, deixo um beijinho.
Um não, dois!
Um para cada um de vocês